Positivo na UEFA; negativo no italiano: Lazio é investigada pela federação

Lazio sob investigação

Um artigo publicado pela Gazzetta Dello Sport revelou que a Lazio está sob investigação da federação italiana de futebol. A própria entidade emitiu uma nota confirmando a suspeita de quebra de protocolo.

De acordo com a federação, o Ministério Público já abriu apuração para descobrir se jogadores infectados estavam treinando normalmente, desrespeitando os protocolos de segurança e isolamento.

A notícia saiu antes do jogo da Lazio contra o Zenit, realizado na quarta-feira, 4 de novembro, pela Champions League. O clube biancoceleste foi à Rússia e regressou com o empate por 1×1. Na ocasião, o artilheiro Immobile foi uma das baixas da equipe.

Conforme reporta o Corriere Dello Sport, o time da capital apresentou disparidade entre os exames feitos com o próprio Immobile, Lucas Leiva e Strakosha. Segundo o jornal, o trio teria testado positivo para a UEFA, mas negativo para o campeonato italiano.

Portanto, embora tenham perdido o jogo da Champions League, o trio estaria liberado para o duelo contra a Juventus, dia 8 de novembro.

Ivo Pulcini, médico da Lazio, teve um post explorado pelo próprio Corriere Dello Sport, no qual ele explica a possibilidade na disparidade entre exames. De acordo o profissional, o mesmo exame considerado “fracamente positivo” pode ser atestado “negativo uma hora depois”.

Caso a investigação conclua que houve infração, o clube pode pegar penas pesadas:

Em caso de infração, as penalidades a que se refere o art. 8º aplicam-se ao clube responsável, conforme sua gravidade, que vão desde multa, penalidade, rebaixamento para último lugar até a exclusão do campeonato

Trecho do regulamento desportivo, compartilhado pelo Corriere Dello Sporte

Diante do cenário e das acusações, a Lazio emitiu uma nota, na qual defende possíveis problemas nos exames realizados para a competição da UEFA. Porém, reforça que segue todos os protocolos de segurança.

Os testes realizados ontem para as competições europeias confirmaram a positividade de alguns integrantes do grupo que já se encontram isolados.

Ao mesmo tempo, a empresa signatária, que continua a acompanhar periodicamente os seus membros através de laboratórios qualificados, encontrou possíveis problemas críticos em relação aos resultados obtidos pela organização europeia e, num clima de plena colaboração e proteção da saúde de todo o grupo e do grande comunidade, está avaliando as posições individuais de alguns membros.

Resta saber que qualquer decisão sobre a questão será partilhada com a UEFA também através da FIGC.

Comunicado oficial da Lazio

Comentários

Comentários